Lançado o livro “Filipson: memórias de uma menina na primeira colônia judaica no Rio Grande do Sul”

A autora da obra é Frida Alexandr e o posfácio foi escrito por Regina Zilberman. O lançamento foi da Chão Editora.

“Filipson” foi a primeira colônia judaica oficial do Brasil, formada por imigrantes judeus provenientes da Bessarábia (na região onde atualmente se localiza a Moldávia). Os pais e irmãos mais velhos de Frida chegaram com o grupo pioneiro, em 1904.

Na obra, a escritora faz um registro de sua infância na colônia onde nasceu até a melancólica despedida, em 1920, quando a família decide partir novamente.

Entre os dois pontos, desliza a memória de Frida, que organiza os fatos sem a preocupação de ordená‐los no tempo. O importante é como as cenas — que envolvem seus familiares, sua passagem pela escola, as dificuldades financeiras da família, as ameaças representadas por uma natureza nem sempre hospitaleira — repercutem em sua sensibilidade. Frida se vale da linguagem para transmitir a emoção na forma como a vivenciou. O livro é um testemunho de uma etapa do processo de adaptação e preservação dos judeus do leste da Europa no Brasil.

Mais detalhes: acesse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite os caracteres da imagem no campo abaixo *