Startups israelenses são premiadas em “Conferência de Inovação”

No evento, realizado em Taiwan, concorreram 145 projetos de 14 nações.

A startup israelense Sanolla desenvolveu o primeiro estetoscópio do mundo capaz de ouvir infra-som – comprimentos de onda acústicos que os humanos não podem ouvir.

Já a Rapid Diagnostics, desenvolveu o “Naor”, um motor inovador para diagnóstico molecular rápido no local, sem infra-estrutura de laboratório, que já é aplicável aos testes covid-19 e a uma variedade de doenças infecciosas.

Fonte: Jewish Business News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Digite os caracteres da imagem no campo abaixo *