Dirigido por Amos Gitaï, “O Último Dia de Yitzhak Rabin” estreia no Brasil

Premiado no “Festival de Veneza”, longa acompanha a investigação do assassinato do ex-primeiro-ministro de Israel, em 1995, e o impacto do crime na política do país;

Símbolo principal do processo de paz entre israelenses e palestinos, Rabin recebeu o “Prêmio Nobel da Paz” um ano antes da sua morte.

No dia 04 de novembro de 1995, 100 mil pessoas se reuniram em uma manifestação em prol da paz no centro de Tel Aviv. Yitzhak Rabin, o então primeiro-ministro do país, discursou em frente a uma multidão poucos minutos antes de levar três tiros nas costas do estudante Yigal Amir.