Apologia ao nazismo em escola de Recife

Aula_nazismo_2

A “aula” para o Ensino Médio do Colégio Santa Emília abordou o tema “Regimes totalitários”. A denúncia foi feita por Iara Margolis, que desabafou: “Enquanto brigamos de direita e esquerda o povo faz a festa com uma “super aula” de totalitarismo”. É preciso agir com firmeza junto as autoridades competentes para exterminar essa célula que parece já estar multiplicada. Isso não é aula temática, isso é apologia ao nazismo”. Revoltada, ela questiona: “que professor em sã consciência dá uma aula dessas usando a braçadeira nazista? Que escola acha isso transformador e superprodução?! (Para o bem) Que indivíduo tem tantas bandeiras nazistas guardadas e confeccionadas? E detalhe: com filminho de Hitler no fundo”.

Aula_nazismo_33

Depois da repercussão nas redes sociais, a Federação Israelita de Pernambuco informou que vai buscar esclarecimentos sobre o fato. “O ambiente escolar estava repleto de símbolos nazistas e o próprio site da escola se referiu ao evento como super aula temática”.

Confira a nota de esclarecimento da Escola Santa Emília sobre o assunto:

1. A aula ministrada pelo professor de história, Luiz Fernando, cujo tema foi regimes totalitários, desenvolveu-se em um ambiente temático, com o intuito de torná-la mais dinâmica e interativa, oferecendo aos alunos uma experiência mais diferenciada.

2. Durante o decurso da aula, segundo relatos dos nossos alunos, em momento algum cogitou-se a possibilidade de defender, pregar ou incitar a ideologia do regime nazista. Pelo contrário, o professor trouxe à tona o horror dos regimes totalitários e o quanto é importante a democracia.

3. Os professores e equipes que compõem esta instituição não compactuam com valores que incitam o ódio, a violência e qualquer tipo de desprezo ao ser humano e outra forma de vida. Acreditamos, sim, como educadores, na potência de crescimento do nosso corpo discente e nos valores democráticos de direito.

4. Decidimos, de forma estratégica, excluir a postagem específica do Facebook, dados os comentários agressivos e lamentamos profundamente que a forma encontrada pelo professor para ministrar a aula tenha sido má interpretada.

5. Quanto às acusações de apologia à divulgação do nazismo, não merecem prosperar. Como já afirmamos e reiteramos, não apoiamos qualquer tipo de regime ou ideologia que coloque desprezo ao ser humano ou alguma forma de vida. No link (acesse), o Dr. Denes Menezes, advogado especialista em direito digital, publicou rapidamente em seu blog um artigo sobre o ocorrido, com base jurídica de referência, demonstrando não haver nenhuma ilicitude na aula do professor:

6. Por fim, queremos agradecer ao apoio e a solidariedade dos pais e dos alunos sobre o ocorrido. De qualquer forma, também queremos pedir desculpas caso alguém tenha se ofendido devido à divergência da intenção do professor em ministrar a aula.

A Escola Santa Emília – Unidade Cordeiro novamente firma o seu compromisso com a educação, os valores democráticos e o respeito ao ser humanos. É dessa forma que acreditamos ser possível fazer do mundo um lugar melhor.

De acordo com a lei federal 7.716, de 1989, é crime “praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. Fabricar, comercializar, distribuir ou veicular símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo”. A pena é de dois a cinco anos de reclusão.

adidas eqt   | adidas eqt 9317   | adidas eqt adv   | adidas eqt adv 9317   | adidas eqt adv pk   | eqt adv shoes   | eqt adv 93   | eqt adv 9317   | eqt adv black green   | eqt adv pk   | eqt support adv 93   | eqt support adv 9317   | eqt support adv black green   | eqt support adv pk   |